Bolsonaro consegue antecipação de doses da Pfizer

Brasil tem contrato de 100 milhões de doses com a farmacêutica.

O ministro Marcelo Queiroga, da Saúde, anunciou nesta quarta-feira (14) que o presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) conseguiu junto à farmacêutica Pfizer a antecipação de doses da vacina contra a covid-19.

Segundo informou o ministério, serão 15,5 milhões de doses no primeiro semestre, sendo 1 milhão até o fim de abril e o restante em maio e junho.

A previsão anterior era de que a farmacêutica entregaria 13,5 milhões de doses até junho, mas o presidente teria conseguido uma antecipação.

De acordo com a Anvisa, a Pfizer já obteve o registro e pode utilizar sua vacina no combate à pandemia no país. O Brasil tem contrato de 100 milhões de doses com a farmacêutica até o fim de 2021.

O Ministério da Saúde tenta acelerar a vacinação no país e conta com a ajuda das Forças Armadas, com o objetivo de permitir a reabertura das atividades econômicas.